Páginas

Eu norte, você sul.



Porquê me deixou aqui? Está escuro e eu tenho frio, tanto que as lágrimas que escorrem em meu rosto estão se petrificando.  Dói, ai, como dói! Você partiu mais uma vez e o trágico fim se executa em minha vida. Sozinha. Sem você. Em casa apenas a cama vazia, um lugar a mais na mesa e as paredes estampadas com as nossas fotografias. O telefone não chama, a campainha não toca. É, você não volta. Eu já previa que isso poderia acontecer, e mesmo assim, insisti em deixar fluir. Eu te olho de longe entrando por aquela porta com um sorriso lindo no rosto e passando direto por mim, como se eu fosse imperceptível ao seu olhar. Será que meu ser diminuiu tanto assim quando você partiu? Eu evito ir nos mesmos lugares, usar os mesmos perfumes e escutar certas músicas, mas não posso controlar o pulsar do meu coração, não dá. Você parece estar feliz ao lado dela, e para ela está dando o amor que a mim não pôde dar. Eu não sei de quem foi a culpa, minha ou sua, não importa. Você chorou, agora sorri e eu permaneço aqui. Na frustrada tentativa de te esquecer eu saí, dancei, bebi e conheci outros caras. Hoje foi a minha última noite, agora realmente percebo que nada valeu à pena. Pura perda de tempo. Eu me divirto a noite inteira e ao voltar pra casa, novamente, sinto sua falta. Falta de um casaco no ombro, de uma mão segurando a minha, falta de um beijo de boa noite. Você está vinte e quatro horas por dia presente dentro de mim e te ver só intensifica o meu sofrer, o meu querer. Eu ouço teu riso com dor e amor, eu percebo cada movimento teu nesse grande espaço que há entre nós. Eu norte, você sul. Eu América, você Oceania. Ela sua, você dela, eu de ninguém.  Só aqui, nessa rua vazia, sem beijo nem abraço, sem um braço estendido em minha direção. Só aqui, chorando pelo que já foi, por aquilo que não volta. Só aqui, abaixo do céu nublado, a chuva prestes a cair... Daí voltarei sozinha pra casa, toda molhada, sem calor nem proteção. Sem você e sequer algum vestígio de algo que se assemelhe ao amor.


"No coração ficou lembranças de nós dois. Como ferida aberta, como tatuagem."







14 colecionadores!:

  1. Rai, eu adoro ler seus textos, porque é imprevisível saber qual palavras você vai usar, e qual rumo seu texto vai nos levar.
    Seus textos tem uma coisa a mais, não sei se é mais sentimento, mais verdade, como se tudo que você escrevesse fosse realmente verdade, como se tudo tivesse mesmo acontecido.
    É isso que me passa, e eu amo ler textos assim, verdadeiros.
    Você mais uma vez deu um show nas palavras.
    Eu já estava com saudade daqui, um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito dos seus textos tambem, gosto da carga dramática e tal.

    Mas preferiria que tivesse paragrafos.

    Bjos, continue talentosa assim. =)

    ResponderExcluir
  3. - você é um talento, menina.
    sou fã de dramas, seja eles em relacionamentos amorosos, familiares ou simplesmente entre amigos. a verdade, é que eu AMO ler algo e sentir toda a emoção, e você conseguiu transmitir isso de forma maravilhosa, parabéns :*

    ResponderExcluir
  4. Amo seus textos, cada primeira palavra combina com a segunda, seus textos são perfeitos, amei. Sucesso gata.Perfeito: "Daí voltarei sozinha pra casa, toda molhada, sem calor nem proteção. Sem você e sequer algum vestígio do seu amor, do nosso amor. "
    http://garotasnasruas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. muito lindo parabens!



    [b]Sou cantor e estou dvulgando meu trabalho no meu Blog!
    espero que goste!

    http://edducamargo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Que liiindo, de verdade. Essa dor que um romance acabado faz, Ela que está tanto presente, que ocupa seu lugar...Ficou muito bom seu texto.
    E fui ler, escutando Taylor Swift - Back to december...me emocionei.
    bjjs

    ResponderExcluir
  7. Teem um selinho para você no meeu blog !
    passa lá para pega-lo. Espero que goste *--* ♥
    http://thayshafer.blogspot.com/search/label/selos

    ThayShafer

    ResponderExcluir
  8. Adorei seu blog!
    Já estou seguindo. Segue o meu também?
    Um beijo :*

    http://cantodarafa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. "No coração ficou lembranças de nós dois. Como ferida aberta, como tatuagem."

    Aconteceu comigo. E nunca consegui remover a tatuagem, mas coloquei uma nova por cima, e se quer saber... Muito mais bonita!

    ResponderExcluir
  10. A é tão lindo e ao mesmo tempo tão triste essas lembranças só nos machuca

    ResponderExcluir
  11. Nossa a cada texto seu fico mais fã de você.
    Esse texto lembrou coisas que eu nem imaginava mais sentir.
    Por um lado foi bom, por outro bem doloroso.

    ResponderExcluir
  12. Nossa muito lindo mesmo, amei! O tipo de poema que me correspondo!
    To te seguindo tá! passa lá http://lipebandeira.blogspot.com/ se gostar segue tbm... bju. lipeBandeira

    ResponderExcluir
  13. que liiindo isso aqui, ameeeeei =)
    seguindo você, parabens moça !

    ResponderExcluir