Páginas

Escritores sofrem demais.




"Hoje vim falar da saudade que tenho, que tive,
Terei para sempre.
Saudade de verdade,
Voz embargada.

Saudade com nós na garganta. 
Difíceis de serem desatados, nós realmente cegos... 
Nós de olhos fechados, lado a lado. 

Hoje eu, tu e ontem nós,
Agora como os da garganta... Intocáveis. 
Nesse tempo de tropeços que, de tantos, 
Viraram dança, maneira esquisita de andar. 

Agora não há queda,
Joelho e cotovelo ralados... 
Só coração.

Machucado pelos cacos de vidro e arames farpados 
Do alto dessa muralha (remenda de abismo).
Tudo besteira, frescura.
Puro orgulho."

Mostrou o poema ao professor de literatura, que lhe salvou a pele após ser pega bebendo nos fundos da escola pelo guarda. Ele leu, admirou sua afinidade com as palavras e falou:

- Menina, larga de ser boba... Porque a dor que a bebida faz tênue, volta intensificada pela ressaca. Você é boêmia, nasceu no século errado.
- Nasci pra escrever, professor. - Respondeu.
- Querida, vá ao cinema... Escritores sofrem demais.





28 colecionadores!:

  1. Como me identifiquei com teu texto. E é exatamente assim:
    "Nós, escritores sofremos por nossa própria invenção daquilo que gostaríamos que acontecesse. De um mundo que existe somente em nossa imaginação. Mas é isso o que faz de nós diferentes, e faz de nós não merecermos perdão, por sermos criadores de tanta ilusão."

    Lindo demais teu blog, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Às vezes penso que também nasci no século errado. Mas acho que se tivesse nascido no século "certo", acharia que aquele era o errado. Igual no filme "Meia-noite em Paris".

    Gostei da sua poesia / conto Railma. Escritores sofrem demais. Isso me lembrou uma frase do Saramago que li esses dias e agora não me sai da cabeça:
    "Teu coração é de aço? Bom proveito! O meu é de carne, e sangra todos os dias."


    Linda, tem um conto novo no meu blog, demanda um pouco de tempo e paciência para ler, mas acho que você vai gostar.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  3. Adorei. E não há verdade maior. Escritores de verdade tendem a sentir que nasceram na época errada, afinal, sentir com todas as fotos e ser verdadeiro nas palavras não é coisa atual.

    Escritores SOFREM DEMAIS! É bem isso.

    ResponderExcluir
  4. Nasci, assim como ela, no século errado... Nascemos todos nós, todos que escrevemos.
    Ah Railma, você está uma escritora maravilhosa, fico honrada por fazer parte desse seu canto desde o inicio e ver o quanto nesse tempo você se tornou uma mulher cheia de palavras encantadoras.
    Escritores sofrem mesmo, mas eu não trocaria minha dor por nenhuma futilidada alegre.

    ResponderExcluir
  5. gostei muito do texto, muito bom mesmo!

    http://rocknrollpost.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. muito lindo, seguindo

    http://somethingaboutbooks.blogspot.com.br/
    NÃO ESQUEÇA DE PARTICIPAR DAS PROMOÇÕES

    ResponderExcluir
  7. Escritores realmente sofrem; na verdade penso que nossa agonia é tanto que buscamos uma maneira de esvaziar-se, portanto escrever.

    ResponderExcluir
  8. Escritores sofrem, e na amargura desse sofrimento eles encontram o real significado que a vida impõe para buscarem o antídoto dessa dor.

    http://duo-postal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Que texto perfeito, me fez repensar em tanta coisa... A gente sofre, mas é à base da luta que nos tornamos fortes...
    Retribui a visita?

    Bjin*

    http://florescerepalavrear.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Primeiro e segundo verso um espetáculo.

    no finalzinho arrepiei

    mto bom o blog, as postagens, o template adorei tudo

    te seguindo
    http://helenthaiis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. o sofrer do escritor é tudo que disse
    nesse belo poema.gostei!
    parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  12. Ai menina, que lindo *-*
    Escritores sentem em demasia. Sentem por si, pelos outros e por seus personagens.
    Gostei muito, viu?
    PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  13. Sofrem por sentir mais do que a maioria. Só que sente tudo ao máximo é capaz de compor e de se por no lugar dos seus personagens.
    Lindo poema.

    ResponderExcluir
  14. Seu texto está muito lindo *--*
    Adoro seu blog, coloquei no meu recomendo...

    Ah e obrigada pela visita no meu blog,
    Bjin*

    http://florescerepalavrear.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. É... acho que pra ser escritor, praticamente tem que sofrer. Por que o bom escritor é aquele que precisa descrever com propriedade o sentimento do personagem, e pra isso é preciso sentir. Eu mesma, quando escrevo algo triste, só falto chorar. Me coloco mesmo no lugar do meu personagem.

    Beijo, beijo,
    Bruna
    http://confesionesenpalabras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Caramba, que texto lindo!
    Tão lindo quanto o blog!
    Achei super singelo.
    E concordo com a frase "Escritores sofrem demais.". Geralmente meus melhores textos são falando sobre coisas tristes, saudade, distancia, amores mal resolvidos...
    A inspiração vem daí.
    Sempre que der, estou de volta por aqui!
    Beijos! =*

    ResponderExcluir
  17. Me surpreendi muito com os textos. A vontade de escrever torna-a em arte... Parabéns pelo blog, que também é muito aconchegante !! :D

    Marcelo Justo do: umpoucodeescrita.blogspot.com.br/

    Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Quem escreve a saga Harry Potter não deve sofrer nadinha.

    ResponderExcluir
  19. Acho muito interessante :) muito mesmo...
    se tiver como você dar um olhada no meu blog agradeço http://podersorrir.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. simples , belo e real;
    escritores sofrem demais!

    parabens (:

    ResponderExcluir
  21. Que lindo, e escritores realmente sofrem demais!
    Beijoooos

    http://psmylove4ever.blogspot.com.br/2012/05/im-sorry.html

    ResponderExcluir
  22. Me lembrei de uns versos do Fernando Pessoa:
    "O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente."
    Expressar em palavras o que se sente nem sempre é fácil,né?

    http://petalasdeliberdade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Parabéns, menina. Tenra idade e já manejando as palavras com desenvoltura.
    Bom fds. Abraços.

    ResponderExcluir
  24. Nossa,andando pelos blogs amigos vi o teu e posso dizer que amei!
    Que jeito bonito que vc tem de escrever,a gente lê e até sente junto,rsrs.
    Muito bom encontrar esse lugar,com certeza ficarei por aqui!
    Uma linda semana,abraço querida,=)

    ResponderExcluir
  25. Oi Railma, está dando problema no link "Avulsa do Ponto". Não consegui ler.


    Beijo.

    ResponderExcluir
  26. ola eu sou nova e ja amei o seu blog e to seguindo se puder segue o meu e posta um comentario falndo oq vc achou
    www.focofashiooon.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Na verdade todo artista (músico,compositor,escritor,etc.) é um sofredor amante de amores impossíveis. A pessoa com alma de artista no fundo até gosta de sofrer,pelo menos eu sou assim.

    ResponderExcluir
  28. É, é assim mesmo. Mas sabe de uma coisa? A gente gosta de sofrer. Sofrimento é aprendizado e nossos escritos nascem dos nossos dramas.
    Beijos.
    www.doceilusao.com/

    ResponderExcluir