Páginas

Passarinho.



Os últimos gravetos se desentrelaçaram. Secos, quebradiçosO amor foi embora, os vestígios ficaram tatuados no tronco como da última vez. As camisetas velhas ninguém vê: do varal, foram pra caixa... De limpas, estão empoeiradas. No sorriso dela ninguém crê: a sinceridade se escondeu com o sentimento, em algum vão dentro de seu peito estão as palavras emocionadas. É que o tempo desfez o ninho, passarinho não quer amar. Andou bicando um pouco de cada vinho em todas as fontes da cidade com vários amiguinhos diferentes, indecentes. Incidentes, acidentes aconteceram. Caíram corpos no chão, na cama, caíram lágrimas, que fizeram correnteza e levaram toda a sua dignidade. No outro dia, nem mesmo a ressaca ressalva o seu pudor. As quedas  do alto da árvore, do clímax do amor  deixaram marcas. Põe esparadrapo nas asas e vai, não há tempo para amar. É que o tempo desfez o ninho, passarinho só quer voar.

Voa, Voa, passarinho! Que até a felicidade chegar, a história não tem um final.





- Railma Medeiros.

12 colecionadores!:

  1. Tenho o amor como algo paradoxal. O amor sugere liberdade, desde que esteja restrita ao elo que une aos dois indivíduos. Mas até então, não encontro sentimento mais intenso - e consequentemente, mais doloroso - que o tal amor.

    Ótimo texto, a ideia do pássaro remete à essa ideia paradoxal que me veio a mente durante a leitura.

    ResponderExcluir
  2. Bonitinho mesmo :D

    http://where-you-can-always-find-me.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Railma,antes de mais nada queria agradecer os comentários no blog,estou te seguindo no twitter ;)
    Quanto ao post,texto bem escrito e de fácil leitura. Gostei da metáfora do passarinho (pelo menos interpretei desta forma),mas sei lá,o amor sempre me pareceu um ''castrador'' da liberdade. Voltarei mais vezes com certeza.

    ResponderExcluir
  4. Achei o final tão gracioso, Railma! Assim como a imagem que tu escolheu pra ilustrar o texto. Parabéns. :)

    :*

    http://hey-london.net

    ResponderExcluir
  5. Aahh que meigo .. Mas achei triste tbm..
    Mas curti Raa esse seu novo projeto. Bem legal, já marquei aqui nos favoritos kk

    kisu

    www.eraoutravez.com

    ResponderExcluir
  6. Meio triste mas é lindo ainda assim.

    ResponderExcluir
  7. Que saudade das tuas palavras Railma.
    Quanta mudança por aqui, o lay tá perfeito, tudo encantador.
    Parabéns e sucesso sempre.

    Beijos.! ♥

    ResponderExcluir
  8. Oiiii...passando pra retibuir sua visita no meu blog e pra conhecer o seu...boa escrita!!!! Parabéns....Bjsss =]

    ResponderExcluir
  9. Que texto lindo! As palavras foram tão bem utilizadas que me deixaram sem...
    Vou dar uma olhada nos outros posts :)
    Bjs.
    www.doceilusao.com

    ResponderExcluir
  10. Lindíssimo texto.
    Ficou super bem escrito, estava com saudades das tuas palavras, fiquei feliz que voltou com o blog.

    ResponderExcluir
  11. Que lindo! A descrição nos faz imaginar cada coisa...

    ResponderExcluir