Páginas

Para alguém chamado "meu bem".



Quando o oceano está demasiadamente agitado e, lá do fundo, as pedras machucam-me os pés, você me faz boiar.
Quando a correnteza da rotina, da fadiga e da injustiça me afastam do ser humano que realmente sou, você me traz de volta. 
Quando as lágrimas estão a ponto de inundar minha alma, seus (a)braços me coletam da escuridão e salvam minha vida. 
Contigo não tenho motivos para sentir medo do (a)mar
Quando os dias úteis esculpem em meu peito o hematoma roxo da saudade, você me beija e se situa dentro da minha necessidade - antes mesmo que doa. 
Tê-lo de corpo inteiro, ouvir música, falar bobagens, rir exageradamente e sentir-me completamente feliz ao ver o nosso amor refletido na imensa negritude dos teus olhos.