Páginas

Luz dos olhos teus.



Eu fico lembrando do jeito 
que se fecham os seu olhos...

Quando o cansaço lhe arremata, pesado.
Quando você balança a cabeça com desdém, ácido.
Ou quando me beija, calmo.

De repente suas pálpebras se abrem e eu mergulho
nesse poço de negras águas.
Me molho, me olho e constato: sou sua.

"Quando a luz dos olhos teus e a luz dos meus resolvem se encontrar... Ai, que bom que isso é, meu Deus, que frio que me dá o encontro desse olhar." (Vinicius e Tom)

Railma Medeiros

0 colecionadores!:

Postar um comentário